Bem vindo a portal rock press 21 anos!
  Olá Anônimo!
Busca  
filmes: 18 Filmes Para Ver e Ouvir
Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006 (15:39:21)


18 Filmes Para Ver e Ouvir







18 FILMES PARA VER E OUVIR

Por lory looove


Os Estados Unidos Contra John Lennon - (David Leaf, John Scheinfeld 2006)
Yoko Ono disse que, se John Lennon estivesse vivo, esse seria seu documentário preferido, entre todos já realizados sobre sua vida. O filme mostra a transformação do Lennon artista no ativista social e como o governo norte-americano tentou silenciá-lo e expulsá-lo do país. Por lory looove


A Última Noite - (Robert Altman 2006)
O filme narra a história dos bastidores de "A Prairie Home Companion" um programa de rádio que tenta sobreviver na era da televisão. Entre inserções comerciais, o programa apresenta cantores de musica country, acompanhados por uma banda fixa. Além dos músicos que participam do filme, alguns atores são uma palhinha, como Meryl Streep,  Lindsay Lohan, Lily Tomlin, Woody Harrelson e John C. Reily. Com Woody Harrelson, Tommy Lee Jones, Garrison Keillor, Kevin Kline, Lindsay Lohan, John C. Reilly, Maya Rudolph, Meryl Streep, Lily Tomlin, Virginia Madsen.


Nossa, Eu Filmei Isso! (Nathanael Hornblower 2006)
Filmado por cinqüenta fãs escolhidos pela produção, esse documentário registra o show do Beastie Boys realizado em 2004 no Madison Square Garden, em Nova York.  Na ocasião, a banda estava divulgando "To the 5 Boroughs", seu sexto álbum de estúdio. Além das imagens captadas da platéia, uma equipe profissional cuidou de gravar tudo da forma tradicional. Coube ao processo de edição o desafio foi provocar um diálogo entre as duas formas de captação.

Antonia - (Tata Amaral 2006)
Aplaudido em sua estréia mundial, no Festival de Toronto, o filme narra os desafios de quatro amigas de infância que lutam para conseguir espaço no mundo do Hip Hop. A trilha sonora é assinada por Beto Villares, em parceria com Parteum, um artista de hip-hop experimental e progressivo.
Com Negra Li, Leilah Moreno, Cindy, Quelynah, Thaide.

C.R.A.Z.Y. - Loucos de Amor (Jean-Marc Vallée 2005)
Esta comédia dramática canadense narra a história de Zachary Beaulieu, o quarto filho de uma tradicional família de cinco irmãos. Gay, ele cresce negando sua homossexualidade para agradar ao pai e tenta, a todo custo, se adequar ao papel de "normal". O trunfo do filme é sua trilha sonora, que o diretor Jean-Marc Vallée fez questão de priorizar, abrindo mão de receber um cachê maior para destinar uma verba a mais para o pagamento de direitos autorais das músicas que ele queria colocar no longa-metragem. O próprio título do filme já é relacionado a uma música de Patsy Cline. Na trilha nomes como David Bowie,  The Rolling Stones, Pink Floyd, Jefferson Airplane, Elvis Presley, entre outros.

 
Cartola (Lírio Ferreira, Hilton Lacerda 2006)
Trata-se do documentário sobre a vida de um dos mais importantes compositores brasileiros, o sambista Cartola. Só isso já é motivo para que os fãs de música (independente do gênero) apreciem esta produção. O filme utiliza linguagem fragmentada, e traça um poderoso painel da formação cultural do Brasil, convidando a uma reflexão sobre a construção da memória do país.

 
Clerks II - O Balconista II ( Kevin Smith 2006)
A continuação do filme homônimo de 1994 - que virou marco no cinema independente norte-americano da época - é o filme nerd mais esperado da mostra. Nele, os balconistas Dante Hicks e Randal Graves dão continuidade aos debates acalorados em que tentam, entre outras coisas, decidir quem é melhor: George Lucas, Peter Jackson ou Jesus Cristo.
Na trilha sonora, Soul Asylum, Alanis Morissette e Smashing Pumpkins, além de clássicos universais, como ABC, do Jackson 5.
Com Brian O´Halloran, Jeff Anderson, Rosario Dawson, Jason Mewes, Kevin Smith,Trevor Fehrman.

 
Fonte Da Vida - (Darren Aronofsk 2006)
O diretor de "Pi" e  "Réquiem Para Um Sonho" reúne neste filme três histórias paralelas sobre a vida, morte e amor, todas separadas por 1000 anos. Destaque para a trilha sonora, composta por Clint Mansell e tocada pelo Kronos Quartet e a banda escocesa de indie rock Mogwai. Com Hugh Jackman, Rachel Weisz, Ellen Burstyn, Cliff Curtis, Sean Gullette

 
Infância Roubada - (Gavin Hood 2005)
Para quem gosta de hip hop com toques de música africana e eletrônica, com certeza vai adorar a trilha sonora deste filme sul-africano, ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2005. As músicas são compostas pelo rapper Zola, bastante famoso na África do Sul, que também atua na produção. O filme narra a história de Tsotsi, jovem líder de uma gangue de Johannesburgo, vive uma rotina marcada pela delinqüência até o dia em que, após um assalto, vê-se obrigado a fazer escolhas que mudarão o rumo de sua vida.

 
O Lixo e a Fúria - (Julien Temple 1999)
Novamente em cartaz na mostra - a primeira vez foi em 2002 - o documentário é um dos mais famosos do gênero e representa o retrato autorizado de uma das bandas mais influentes da história do rock, o Sex Pistols. O filme reúne uma compilação de material documentado dos anos 70 (na sua maior parte ainda desconhecido), além de entrevistas recentes e de uma longa conversa com o baixista Sid Vicious em 1978, pouco antes de sua morte no Hyde Park, em Londres. Obrigatório.

 
Os Infiltrados - (Martin Scorsese 2006)
Scorsese é um cara que atenção à música porque é fã mesmo, vide as séries "The Blues" e o documentário "No Direction Home", sobre Bob Dylan. Em "Os Infiltrados", um dos principais filmes da mostra esse ano, ele coloca Jack Nicholson caminhando vagarosamente ao som de "Gimme Shelter", do Rolling Stones logo no início do filme. The Beach Boys, Allman Brothers e John Lennon também dão o ar da graça nesta trilha que tem até o hardcore de Dropkick Murphys. 
O longa mostra a rivalidade entre a polícia de Boston e uma gangue de traficantes de drogas de origem irlandesa. Um dos bandidos é escolhido para se infiltrar no grupo de policiais, enquanto que um oficial é destacado para ser informante dentro da gangue.Com Leonardo DiCaprio, Matt Damon, Jack Nicholson, Martin Sheen, Mark Wahlberg, Alec Baldwin.

 
Leonard Cohen: I'm Your Man (Lian Lunson 2005)
Produzido por Mel Gibson e dirigido por Lian Lunson, fãs confesso do cantor, este documentário acompanha um show de Cohen e seus bastidores, além de trazer depoimentos de artistas do cacife de Bono Vox (U2), Nick Cave, Jarvis Cocker (Pulp), Beth Orton e os irmãos Martha e Rufus Wainwright.

 
Electroma (Guy Manuel de Homem Christo, Thomas Bangalter 2006)
Vendido pelos jornais da cidade como "o filme do Daft Punk", o longa dirigido e protagonizado pelo duo curiosamente não possui nenhuma música dos caras. O filme, que pode ser descrito como um musical psicodélico, mostra a odisséia de dois robôs que querem se tornar humanos. Músicas de Brian Eno, Curtis Mayfield e Todd Rundgren, dão o clima.

 
Half Nelson - (Ryan Fleck 2006)
O filme narra a história do relacionamento entre uma professora branca, seu aluno negro e o traficante local. O destaque deste drama independente norte-americano fica na trilha, composta pela banda indie experimental Broken-Social-Scene, que também assina a música de Um Certo Olhar, outro filme selecionado para a 30ª Mostra.

 
Noel - Poeta Da Vila -  (Ricardo van Steen 2006)
Esta cinebiografia romanceada retrata a vida do sambista Noel Rosa, contemporâneo de Cartola. Com Camila Pitanga, Rafael Raposo, Paulo César Peréio, Roberta Rodrigues, Flávio Bauraqui, Jonathan Haagensen, Supla.

 
O Cheiro Do Ralo - (Heitor Dália 2006)
Adaptação do livro homônimo de Lourenço Mutarelli, O Cheiro do Ralo narra a história de Lourenço, um mau humorado dono de uma loja de compra e venda de objetos usados. A trilha sonora é de Apollo Nove, requisitado produtor musical que aplica sonoridades sessentistas cheias de barulhinhos, camadas e influências de Bossa Nova. Com Selton Mello, Silvia Lourenço, Flavio Bauraqui, Alice Braga, Milhem Cortaz,
Dionísio Neto.

 
 
O Projeto Hip Hop (Matt Ruskin, Scott K. Rosenberg 2006)
Produzido, entre outros, pelos atores Bruce Willis e Queen Latifah, o documentário retrata a vida de um grupo de adolescentes carentes de Nova York que transforma suas experiências de rua em poderosas obras artísticas. Com depoimentos de Doug E. Fresh, que já atuou em filmes como Tapeheads - Uma Dupla Muito Louca (1988) e Whiteboyz (1999), a rapper Diana `Princess` Lemon e o produtor musical Russell Simmons, fundador da gravadora seminal Def Jam e que colaborou com o filme Krush Groove (1985), precursor na inclusão do rap em cinema.

 
 
Punks São Legais (Douglas Crawford 2006)
De Hamilton, no Canadá, a São Paulo, no Brasil, e Jacarta, na Indonésia, este é um safári pelo punk rock, mostrando-o do Primeiro ao Terceiro Mundos, do profano ao sagrado.  Participam do filme os canadenses da banda The Forgotten Rebels, os brasileiros do Blind Pigs e o grupo Superman Is Dead, de Bali.




 
 Links relacionados 
· Mais sobre Rock Press
· Notícias por claudia


As notícias mais lidas sobre Rock Press:
Tudo que você queria saber sobre o U2


 Opções 

 Imprimir Imprimir


Tópicos relacionados



Re: 30ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Pontos: 1)
por abreu em Sexta-feira, 20 de Outubro de 2006 (15:57:55)
(Informações do usuário | Enviar uma mensagem)
matéria fantástica!!!!!!!!!!!!!!



Re: 30ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (Pontos: 1)
por zecazevedo em Sábado, 21 de Outubro de 2006 (21:02:44)
(Informações do usuário | Enviar uma mensagem)
Também gostei muito da metéria. Tomara que alguns desses filmes aí venham aqui pra Porto Alegre rapidinho.



Todos os Direitos Reservados Portal Rock Press ©

PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.