Bem vindo a portal rock press 21 anos!
  Olá Anônimo!
Busca  
discos: Ratos de Porão, Século Sinistro
Sexta-feira, 11 de Julho de 2014 (2:11:23)


Ratos de Porão: curto, grosso e certeiro - há dez anos sem mudanças, João Gordo, Jão, Juninho e Boka chegam em 2014 com um dos discos mais brutais de que se têm notícias!




 

RATOS DE PORÃO 

Século Sinistro

(Bruak Records / Red Star Recordings)

Nota: 9,0

 

Por Ricardo Cachorrão Flávio

 

Confesso que desde Anarkophobia, e lá se vão 23 anos, que eu não tinha muita paciência com os R.D.P.  Talvez a maior banda de hardcore do Brasil, os Ratos de Porão elevaram tanto o nível da desgraceira sonora desde Just Another Crime in Massacreland (1993) até chegar no último trabalho de estúdio, “Homem Inimigo do Homem”, de 2006, que simplesmente perdi o interesse. Como ninguém pode agradar a todos, eles continuaram a fazer seu trabalho, cagando e andando para quem não gostou. No que estão certíssimos.

Depois de muito tempo sem acompanhar a fundo o trabalho da banda, sete anos atrás fui num show dos Ratos, e me impressionei com a evolução dos caras. Desgraceira? SIM! Cada vez mais insana! E cada vez mais bem feita! Com formação estável, há dez dez anos sem mudanças, João Gordo, Jão, Juninho e Boka chegam em 2014 com um dos discos mais brutais de que se têm notícias: Século Sinistro!

Disco extremamente bem gravado, onde se ouve notadamente cada instrumento, mesmo diante de um som tão violento, Século Sinistro traz críticas ácidas nas letras de João Gordo, como sempre. Da abertura, com “Conflito Violento”, que fala dos protestos acontecidos em junho de 2013, passando por críticas à Copa do Mundo no Brasil em “Grande Bosta”, temos os Ratos atirando para todos os lados, como na certeira “Boiada pra Bandido”, que esculacha o nosso arcaico código penal. Destaques, ainda, para a cover nervosa do Anti-Cimex (“Progreria of Power”) e a participação especialíssima do porquinho Atum, bicho de estimação do Gordo, com grunhidos insanos em “Sangue & Bunda”.

Século Sinistro é uma porrada bem dada na cara dos acomodados, um álbum nervoso em todos os sentidos, não indicado para possuidores de ouvidos sensíveis, mas, extremamente indicado para quem está de saco cheio de bandinha cheia de nhem-nhem-nhem. Ratos de Porão: curto, grosso e certeiro.

A banda ainda promete novidades, como o breve lançamento de um DVD com o histórico show de 30 anos do Crucificados pelo Sistema, sem esquecer que o guitarrista Jão está lançando o segundo disco de sua outra banda (Periferia S/A – “Fé + Fé = Fezes”).


Track List:

 

1. Conflito Violento

2. Neocanibalismo

3. Grande Bosta

4. Sangue & Bunda

5. Século Sinistro

6. Jornada Para o Inferno

7. Prenúncio de Treta

8. Stress Pós-Traumático

9. Viciado Digital

10. Boiada pra Bandido

11. Progreria of Power

12. Puta, Viagra e Corrupção

13. Pra Fazer Pobre Chorar


Pra quebrar o pescoço:








 
 Links relacionados 
· Mais sobre Rock Press
· Notícias por admin


As notícias mais lidas sobre Rock Press:
Tudo que você queria saber sobre o U2


 Opções 

 Imprimir Imprimir


Tópicos relacionados


Desculpe, comentários não estão disponíveis para esta notícia.

Todos os Direitos Reservados Portal Rock Press ©

PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.