Bem vindo a portal rock press 21 anos!
  Olá Anônimo!
Busca  
sobre algo: Sobre Sleep Party People
Sábado, 9 de Junho de 2012 (1:32:12)

 

Santa Catarina faz um frio do caralho e a maré está alta. Godzilla vem aí, rapazeada!



 

 

SOBRE SLEEP PARTY PEOPLE

Por Marcelo Shaw


Frio não é um estado de temperatura, é um estado mental. Frio é sobre andar na faixa de areia fumando últimos cigarros e vendo o céu desistindo de ficar em cima do mar. É no horizonte que tudo se mistura, só nos perdemos em fascinação. Estamos vivos, tudo isso está acontecendo. Mesmo quando não temos nada pra segurar, temos nossa vida nos mantendo vivos. Isso foi extremamente capitão óbvio, mas quantas vezes paramos pra só perceber que tudo isso realmente acontece. A garota lentamente tirando a roupa está realmente lentamente tirando a roupa, enquanto ela caminha na sua direção ajeitando o cabelo só de camiseta. Está ali. A ressaca estará presente antes de cada porre. Em todo “olá” há alguns “adeus” esperando por sua vez. Está lá. Tudo está lá. O futuro é inescapável, nós somos o passado e nem sequer percebemos. Frio não é sobre a temperatura. É sobre estar no meio de tantas tempestades diferentes e sem qualquer proteção. Corações quebrados na palma de nossas mãos.

E como lidar com isso? Escondendo. Somos todos apegados a símbolos, é o que mantém as igrejas vivas até hoje. Eu tinha medo do Chico Cheese no Rio de Janeiro, entraria em pavor extremo na Disney com o Mickey. Sou assim, algo sobre adultos em fantasias de rato me causa um tremor inteiro gigantesco. Meio como Fanta Laranja Light, você só sabe se tomar, porra! Metaforicamente, no entanto, parece uma forma apropriada de enxergar o mundo: uma série infinda de fantasias de rato, não é o que somos? Não é o que é uma mulher dançando de biquíni na TV? Não é a mera existência do Rodrigo Faro? Ana Maria Braga? Deus, debates políticos, quem assiste debates políticos? Somos grandes demais pra isso tudo, nossa resposta é alienação absoluta no seu estágio mais extremo. Passamos nosso dia aprendendo quem corneou quem nos programas vespertinos e a noite algum idiota ainda vêm na internet gritar o quanto somos alienados. É a nova religião, os novos caminhos inescapáveis que levam ao inferno.

O que sobra, como dizia um amigo meu que fez faculdade de direito e estudou anos pra chegar nessa conclusão, é o resto. É a máscara de coelho do produtor dinamarquês responsável pelo Sleep Party People. “It’s not your fault, it’s my own fault, I’m not human at all, I’ve got no heart”, ele apela e todos nós perdemos. Se o Chico Cheese falasse isso pra mim talvez eu correlacionasse ao invés de só temer pela minha virgindade anal. No final do dia, que espaço existe pro símbolo que somos? Até onde alguém precisa ser alguém e não sua máscara? Até onde a música está ligada num culto à personalidade enfadonho? Por que ainda existem cantores de jaqueta de couro gritando decadência e rebeldia no rock and roll uns 40 anos depois disso ter perdido qualquer relevância? Estou velho. Caminhamos pelo vale da autoparódia diariamente, por que ir sem a companhia de um isolamento instantâneo? De agora em diante, meu nome artístico é Great Gonzales, quero ser interpretado pelo Steven Seagal trajando fantasia de Zorro.

Sleep Party People é o reflexo de tudo aquilo que nunca seremos. Nunca vamos nos preparar antes, nunca vamos planejar nada direito, nunca vamos perceber nada antes de já ter acontecido. E essa é a beleza da vida. Por máscaras e símbolos, tentamos ocultar nosso rosto pra evitar de levar mais tapas. Mas ainda assim, é refrescante ver artistas tão dispostos a expor essa fragilidade da incerteza, mesmo que através de máscara de coelho. Somos isso. O frio vem de dentro, sempre.

 


 
 Links relacionados 
· Mais sobre Rock Press
· Notícias por admin


As notícias mais lidas sobre Rock Press:
Tudo que você queria saber sobre o U2


 Opções 

 Imprimir Imprimir


Tópicos relacionados


Desculpe, comentários não estão disponíveis para esta notícia.

Todos os Direitos Reservados Portal Rock Press ©

PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.