Bem vindo a portal rock press 21 anos!
  Olá Anônimo!
Busca  
matérias: Corsário Discos
Terça-feira, 18 de Maio de 2010 (0:41:24)


Com alguns projetos em mente, como o lançamento de um álbum ao vivo do Olho Seco, gravado em 1999, em edição limitadíssima, e novas coletâneas, o selo Corsário Discos agora trabalha para divulgar seus recentes lançamentos



 

 

CORSÁRIO DISCOS

Do It Yourself, até a raiz do moicano!

Por Ricardo Cachorrão Flávio


Lá se vão mais de 30 anos desde a invasão punk rock de 1977. Depois de muitos altos e baixos, boas bandas e outras nem tanto, tretas, repressão policial e familiar, festivais e muitas mensagens distribuídas através do som visceral do punk, dos fanzines, a mídia alternativa dos guetos, e das manifestações de protesto dos integrantes do movimento, chegamos a 2010 com a chama ainda acesa! Como diria o Lixomania: O PUNK ROCK NÃO MORREU!

Para quem costuma freqüentar os sons, que ocorrem todas as semanas em São Paulo, no Centro ou espalhados pela periferia, sabe que o movimento punk continua ativo, firme e forte, cada vez mais rejuvenescido, muita molecada com consciência sócio-política freqüentando os espaços, e com muita gente que ainda aposta suas fichas nisso tudo, promovendo encontros, shows e editando CD’s, fazendo um trabalho honesto, em prol do punk rock brasileiro, como é o caso do Xinês, também chamado de Praxedes, da banda Excomungados, proprietário do Garimpo Cultural, uma loja especializada em punk rock e cultura alternativa que fica na Galeria Nova Barão, no Centro de São Paulo e linha de frente do selo alternativo Corsário Discos.

Com alguns projetos na mente, como o lançamento de um álbum ao vivo do OLHO SECO, gravado em 1999, em edição limitadíssima e outras coletâneas com as bandas diversas, o selo agora trabalha para divulgar seus últimos lançamentos: Anti Tributo Excomungados, Tributo – DZK, Deserdados – Revolução Agora!, Invasores de Cérebros – O Cérebro é uma Bomba Relógio, o Cérebro é o Apocalipse e a coletânea USPÍCIUS / PUNKRUSP.



USPÍCIUS / PUNKRUSP

Este é um projeto antigo do Xinês, um velho punk, ex-estudante da Universidade de São Paulo, que, após assistir ao lendário festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982, se juntou com o amigo Falcão e criou os Excomungados. A ideia do Professor Praxedes, ou Xinês, era reunir numa coletânea todas as bandas que passaram pela USP nos anos 80, seja nascendo dentro do CRUSP, ou apenas tocando nas instalações da faculdade. Depois de negociar a liberação das músicas com todas as bandas, foi montada essa coletânea com 34 bandas de rock, sendo a maioria punk rock, mas, não só isso. Nomes que hoje são clássicos com nomes que não chegaram a sair de dentro da USP, mas, muita energia e honestidade são mostradas em todo o disco. E, a coletânea ‘parte 2’ já está engatilhada.

Track List:

1.    Excomungados – Cruspício
2.    Plebeus Urbanos – Entre os Muros
3.    Suco Gástrico – Vida Neurose
4.    Olho Seco – Nada
5.    Flicts – A Todo Anarquista
6.    New City Rockers – Alguém Pode Me Dizer?
7.    Chinese Rocks – I Cannot Eat Pig Meat
8.    Agrotóxico – Inimigo Real
9.    Fecaloma – Camaradas!
10.    Garotos Podres – Verme
11.    Pé Sujus – Mordaça de Papel
12.    Lixomania – Realidade
13.    Colisão Social – Despertai Oprimidos
14.    Os Meteoros – Força do Mal
15.    Deserdados – Lavagem Cerebral
16.    Planeta Defunto – Fim de Festa
17.    Sarjeta – Churrasco Grego
18.    Rattu Morto – Pé de Boi / As Máquina
19.    Phobia Punk Rockers – Tem Que Mudar
20.    Língua de Trapo – Grito
21.    H. Jou – Hospício (Versão Ultra Rápida)
22.    DZK – Nação Sem Futuro
23.    Insurgentes – Zé Povinho
24.    Ordinária Hit – Menor Música
25.    The Pendents – Pare Pra Pensar
26.    Subversão Anárquica – Devastação Nuclear
27.    Marxistas de Boutique – Papai Nazi
28.    Invasores de Cérebros – Noites Quentes da Cidade
29.    Zé Galinha Company – Galeria do Inferno
30.    Bizarres – Não Sei Mais
31.    Antropófagos – Governo Federal
32.    Dotores do Subúrbio – Vale da Morte Cubatão
33.    Janqueria – Prejú Total
34.    F.L.I.T. – Baratas




ANTI TRIBUTO EXCOMUNGADOS

Conhecida pela singela alcunha de a pior banda do mundo, os Excomungados tem, além de participações em coletâneas, apenas dois lançamentos oficiais: o compacto Pela Primeira Vez no Paraíso, que hoje é uma raridade, mas que, segundo o próprio Xinês, na época do lançamento era trocado por cachorro-quente dentro do CRUSP (Conjunto Residencial da Universidade de São Paulo), local onde nasceu banda e o CD ao vivo Pela Última Vez No Inferno. Este anti tributo trás 22 faixas com o repertório dos Excomungados executado por 18 bandas do movimento, desde gente conhecida como Patife Band (com a faixa Vida de Operário, gravada para o primeiro LP da banda, que teve uma versão posterior do Pato Fu), Mukeka Di Rato ou DZK, além de várias outras bandas menos conhecidas.

Track List:

1.    Papa Benedictus XVI – Sanctus
2.    Bizarres – Hipócrita
3.    Mukeka Di Rato – Nossos Filhos
4.    Planeta Defunto – Stroessner
5.    H. Joe – Droga da TV
6.    Esgoto – Hospícios
7.    Subversão Anárquica – Union Carbide
8.    Pé Sujus – Saque
9.    Patife Band – Vida de Operário
10.    Plebeus Urbanos – Imperialismo
11.    Deus Dead – Chocolate
12.    Ordinária Hit – Me Exportem
13.    Sarjeta – Bêbado Drogado
14.    Grevisionários – Blecaute Mundial
15.    DZK – Pedido a Natan
16.    FxLxIxTx – Baratas
17.    Abajur Cor de carne – Chocolate
18.    Erocore – Union Carbide
19.    Corvus – Pedido a Natan
20.    Subversão Anárquica – Blecaute Mundial
21.    H. Joe – Só Penso em Matar
22.    Jeovah & Os Meteoros – Excomungados




TRIBUTO – DZK

Na estrada desde 1982, quando chegou participar do lendário festival O Começo do Fim do Mundo, ainda com o nome Decadência Social, o DZK tem uma carreira sólida dentro do movimento punk, com várias participações em coletâneas, discos próprios e shows cheios de energia, conquistando o respeito tanto do pessoal dos primórdios do movimento quanto da molecada que surge a cada dia com seus moicanos em riste. Este tributo trás 28 faixas, sendo 27 bandas apresentando sua homenagem e mais uma música bônus com o próprio DZK.

Track List

1.    Transgressores – Grito de Guerra
2.    Resistência 77 – Decadência Social
3.    Esgoto – Você Não Tem Consciência
4.    Indigesto – Não Haverá Sobreviventes
5.    AK-47 – Somos Todos Inocentes
6.    88 Não! – Juventude
7.    Excomungados – Promessa de Político
8.    C.S.P. – Você Não Tem Chances de Sobreviver
9.    Paranoycos – Onde Nós Estamos
10.    Kaygang – Podridão
11.    Chicanos – Zé da Silva
12.    Revoltados – Rotina
13.    F.D.S. – Mundo Desumano
14.    Baratas – Fome
15.    Resistência Punk – Moradores de Rua
16.    Manifesto HC – Crianças Abandonadas
17.    Pappa Nicolau – Ilusão
18.    Sherikans – Por Que o Mundo é Assim?
19.    Atentado 89 – Fome
20.    Subversão Anárquica – Excluídos da Sociedade
21.    2 Minutos de Ódio – Não Haverá Sobreviventes
22.    Calamidade Pública – Operário Padrão
23.    Rua 25 – Cabeça Quadrada
24.    Krânio – Crianças Abandonadas
25.    Pátria Armada – Imperialistas
26.    Rock de Pinguço – Somos Todos Inocentes
27.    S.N.O.P. – Insanidades
28.    DZK – Quebrem o Muro




DESERDADOS
REVOLUÇÃO AGORA!


Este é um relançamento da Corsário Discos, lançado originalmente em 2000, Revolução Agora!, é o álbum de estréia da banda Deserdados, na estrada desde meados dos anos 90, com participação em várias coletâneas, como parte do manual punk rock de sobrevivência de bandas e que continua firme. Este álbum estava fora de catálogo e, neste relançamento, ganhou duas faixas bônus.

Track List

1.    Não Há Chances
2.    Lavagem Cerebral
3.    Brasil
4.    Yo Quiero Ser Libre
5.    Rock de Combate
6.    Inferno Cinza
7.    1977
8.    Humilhação
9.    Punk Até a Morte
10.    3º Mundo
11.    Rotina de Um Escravo
12.    Destruidores
13.    Distante da Nossa Realidade
14.    Mais Um Dia
15.    Intolerância




INVASORES DE CÉREBROS
O CÉREBRO É UMA BOMBA RELÓGIO, O CÉREBRO É O APOCALIPSE


Eis a cereja do bolo, o novo álbum da Invasores de Cérebros, banda capitaneada desde 1988 pelo velho Ariel, figurinha carimbada do movimento punk brasileiro, que já passou pelos Restos de Nada, pelos Inocentes  e hoje ainda lidera o projeto Garotos do Subúrbio, que trás o som feito pelos Inocentes até 1983. Um som violento, sem frescuras, uma típica porrada na boca do estômago.

Track List:

1.    Apatia, Covardia ou Uma Grande Explosão?
2.    111 Escombros
3.    Horário Nobre
4.    Olhos Perdidos
5.    Injustiça Social
6.    EZLN
7.    Na Porta do Inferno
8.    Homicide
9.    Sobre Corpos e Mentes
10.    A Mulher do Presidente
11.    Noites Quentes da Cidade
12.    Oração


 


 
 Links relacionados 
· Mais sobre Rock Press
· Notícias por claudia


As notícias mais lidas sobre Rock Press:
Tudo que você queria saber sobre o U2


 Opções 

 Imprimir Imprimir


Tópicos relacionados


Desculpe, comentários não estão disponíveis para esta notícia.

Todos os Direitos Reservados Portal Rock Press ©

PHP-Nuke Copyright © 2005 by Francisco Burzi. This is free software, and you may redistribute it under the GPL. PHP-Nuke comes with absolutely no warranty, for details, see the license.